Boipeba, um lugar onde o mar encontra a tranquilidade.

Boipeba, um lugar onde o mar encontra a tranquilidade.

Por Valeria Lopes

Se você procura o paraíso, ele pode estar mais perto do que você imagina. Em uma pequena ilha, ao sul da Bahia fica um lugar de águas transparentes, praias de areias finas e brancas e nada, nada mais ao redor. Assim é Boipeba.

Boipeba é vizinha do Morro de São Paulo e Trancoso, porém menos famosa. Por ser um vilarejo e Área de Proteção Ambiental, este recanto de belezas naturais passa batido aos olhos de desinformados.

Boipeba vem do tupi “mboi pewa” que faz referência às tartarugas marinhas que ali se reproduzem.

São 20km de extensão litorânea e 7 praias: o agito de vai e vem, comidas típicas e saídas de Barco fica em Boca da Barra. Na Praia do Outoeiro e das Pedrinhas, na maré baixa, você encontra lindas pedras e piscinas naturais. Se você quiser usar a imaginação e viajar na estória, a Ponta dos Castelhanos, além dos coqueiros, traz um navio Espanhol afundado e fica deserta na maior parte do tempo. Aqui é possível nadar com tartarugas, e é um importante ponto de desova. Da Praia do Bainema vêm os camarões e peixes consumidos e comercializados na ilha, sua trilha de árvores frutíferas nativas são um show à parte. Pare na Praia do Tassimirim para um mergulho de superfície e não deixe de comer lagosta ou bobó de camarão nas barraquinhas. A Praia do Moreré é um cartão postal, tire o dia para admirar sua beleza, fazer uma caminhada na maré baixa e alimentar a alma com a vista para as cabanas rústicas ao longo da praia. Vá a Praia da Cueira para conhecer a atração local da lagosta na manteiga feita em fogão à lenha, não tem como se perder, os lindos coqueiros indicam o caminho.

Se você é mais esportista e não quer só contemplar, em Boipeba há muito o que fazer: passeios pelo rio do Inferno e de caiaque peloManguezal, stand up padle, observação de baleias Jubarte, trilhas, mergulho e até um passeio histórico pelo Vilarejo.

A noite de Boipeba começa com o pôr do sol, e o espetáculo vale cada suspiro. Junte-se aos locais e suas barraquinhas. Não espere agitos como a de seus vizinhos famosos. Boipeba é lugar de gente serena e pacata, que leva a vida no ritmo do paraíso. Forró, fogueira e em certas noite um Bumb meu Boi são as atrações locais. Aprecie o pôr do sol no Ponta da Barra, o lugar têm a melhor vista e você ainda tem o privilégio de degustar tira-gostos e drinks exóticos.

Cansou? Então agende seu horário na Pousda Luar, deite de frente para o mar e se entregue nas mãos de uma boa massagem. Você escolhe, tailandesa, reiki ou só relax mesmo.

O que você está esperando? O verão chegou e lá o sol te aguarda.
Boa Viagem!

Guia Berlim

Guia Berlim

Guia Berlim – por Valéria Lopes

Berlim é uma cidade maravilhosa para se conhecer a pé. Plana, ruas largas e cheia de história espalhada por suas ruas e hofs. Então coloque um sapato comportável e venha, viaje nestas dicas.

Em 3 dias você consegue praticamente conhecer os principais pontos turísticos e, planejando bem você pode curtir ainda acontecimentos especiais como Berlinale e Berlin Fashion Week que têm calendários programados.

Começando por Alexanderplatz você vai ter uma visão da cidade toda.
Dica: Se o dia estiver ensolarado suba na Fersehenturm e aprecie a vista a 368m de altura. Você pode adquirir os tickets antecipadamente a partir de 13 euros. Também vale uma visita noturna, com direito a jantar no restaurante panorâmico.

Nesta área também fica o Hackesche Markt, local em alta para os amantes de arte e música.
Dica gastronômica: Monsieur Vuong restaurante de fusion food asiático.
Dica de Compras:  Ampelmann, é o símbolo do sinal de trânsito, que tem várias coisas legais para levar de lembrança.

Não tem como perder de vista a Catedral de Berlim, a Berliner Dom, nem todos os prédios históricos ao seu redor. Insel Museum é a ilha formada por 5 museus em volta da Catedral: Pergamon, Alte Nationalgalerie, Bode, Neues e Altes Museum.
Dica: Faça o tour de barco pelo rio Spree e conheça Berlim através dos canais, há pontos de partida em vários locais nesta região.

Seguindo entre os prédios históricos, deixe-se levar pelo caminho real de Unten den Linden até o Brandenburg Tor. No meio do caminho vale parar no Gugenheim, no Madame Tussot e nas lojinhas do caminho, afinal ninguém é de ferro.
Dica: As maiores e mais caras marcas de carros mantém lojas nesta avenida e é possível alimentar os olhos com lindas máquinas automotivas.

Chegando no cartão postal de Berlim, o Portão de Brandenburgo, aproveite para tirar várias fotos do local que marcou a divisão da Alemanha, hoje símbolo da unificação de um povo.

Daqui você pode seguir para o Reichstag, para Potsdamerplatz ou para o Tiergarten. Todas as opções oferecem ótimas chances de fotos, gastronomia e compras.

No Reichstag você encontra o Parlamento e muita imponência. Também vai encontrar a Hauptbanhof e um bom lugar para tomar uma cerveja na beira do Rio Spree.

Em Potsdamerplatz você encontra entretenimento, pedaços do muro, Legolândia, restaurantes, Checkpoint Charlie e muita chance de diversão.

Em Tiegarten você encontra natureza, o Siegssäule e ótimas fotos. A decisão fica por sua conta.

Ainda falta metade de Berlim. Nesta metade não deixe de visitar a Kufürstendamm a principal avenida do oeste de Berlim que abriga lojas de marcas internacionais famosas. Nesta avenida fica uma linda igreja que quebrada, também conhecida como Kaiser Wilhelm Gedächtniskirche e a KaDeWe, uma loja de departamentos que vale uma longa parada para compras e apreciação gastronômica.
Dica: Não deixe de visitar o Museu The Story of Berlim, tem uma visita a um bunker e vale cada centavo!

Cansou de tudo? Quer ver um castelo? Berlim tem também! Ainda em Charlottenburg vá até o Charlottenburg Schloss e conheça um lindo castelo em plena cidade, com jardim inglês e história de contos de fadas.

Berlim é cosmopolita e não para. A todo momento há alguma coisa acontecendo em algum ponto da cidade, por isso, informe-se e aqui mais algumas dicas:

Night Out: – Tresor: boate em Kreuzberg que toca música techno dentro de um antigo cofre de banco.

Shows: Arena O2 e Waldbühne

Futebol: Olympia Stadium.

Outlet: B5 fica nos arredores de Berlim e vale a pena.

Tenha sempre a mão moedas, você vai precisar! Prove a comida típica de Berlim, o Currywurst, você encontra nos Imbiss pela cidade, trata-se de uma salsicha grande, temperada com Curry e Catchup. Estranho, mas bom! Tentem também o Hotdogman, um homem com uma churrasqueira acoplada ao corpo que faz cachorro quente grelhado, muito bom e barato!

UFA, espero ter coberto tudo.

Ahh, use calçados confortáveis, pois a beleza de Berlim se descobre andando a pé. Também é possível alugar bicicletas em qualquer ponto turístico da cidade. Ou alugar um Fahrradtaxi, ou um taxista de bicicleta que vai pedalando por você enquanto explica os pontos turísticos.

Os ônibus de Sieghtseeing também são uma boa opção para ter um overview da cidade e depois escolher o que visitar com calma. Todos tem Hop on e Hop off.

Bom passeio und Viel Spaß!


© visitBerlin, Foto: Bernd Schoenberger

© visitBerlin, Foto: Philip Koschel

© visitBerlin

© visitBerlin

© visitBerlin

Férias com os amigos em veleiro é o novo hit

Férias com os amigos em veleiro é o novo hit

0-Yacht-Week1

Que tal alugar um iate e passar uma semana com os amigos navegando por lugares paradisíacos como Caribe, Tailândia, Croácia, Grécia e Turquia? A The Yacht Week organiza essas viagens únicas há três anos, e cada vez mais brasileiros estão aderindo a essa experiência.

Continue lendo “Férias com os amigos em veleiro é o novo hit”

Marcelle Bittar dá dicas de turismo de Istambul e Marrakech

Marcelle Bittar dá dicas de turismo de Istambul e Marrakech

O hotel la Mamounia com sua arquitetura hispano-mourisca é um dos cartões postais de Marrakesh

Ela já circulou muito pelo roteiro Nova York-Paris-Londres-Milão, mas as viagens que ficaram marcadas em sua memória foram para destinos mais exóticos. Ver a vista de Istambul e garimpar um restaurante escondido em Marrakech estão entre suas experiências inesquecíveis. A seguir a top dá dicas de hotéis, bares e passeios.

Continue lendo “Marcelle Bittar dá dicas de turismo de Istambul e Marrakech”